Publicado em 13/05/2022 16h43

Cliente recebe indenização de R$ 40 mil após ser chamado de "Gaylileu" em cadastro de farmácia

A Droga Raia afirmou, em nota, ser contra qualquer ato de discriminação. A rede também disse que irá investir em mais treinamentos e na conscientização dos seus funcionários

Cliente recebe indenização de R$ 40 mil após ser chamado de "Gaylileu" em cadastro de farmácia

O publicitário Galileu Araújo Nogueira, 33, teve o seu nome trocado por "Gaylileu" no cadastro como cliente na rede de farmácias Droga Raia. O caso foi tratado como homofobia e Galileu receberá R$ 40 mil como indenização. Metade do dinheiro será doado para a Casa de Acolhida e Cultura LGBT Casa 1, no centro de São Paulo. 

O publicitário ainda quer destinar os outros R$ 20 mil para serem revertidos em bolsas de estudo para profissionais LGBTQIA+. 

A Droga Raia afirmou, em nota, ser contra qualquer ato de discriminação. A rede também disse que irá investir em mais treinamentos e na conscientização dos seus funcionários. 

O primeiro caso de homofobia contra Galileu ocorreu em janeiro de 2021, quando o publicitário percebeu a alteração no nome em uma mensagem de texto automática da farmácia. O mesmo erro voltou a aparecer em um cupom impresso em uma loja da rede. 

Autoria: Metro 1

  • Link:

Comente essa notícia

Publicidade
Copyright 2016 © www.diasdavilaagora.com.br - Todos os direitos reservados
jornalismo@diasdavilaagora.com.br • Tel/WhatsApp: (71) 9238-4606
Desenvolvimento: Tecnosites